Notice: Undefined index: ID_User in /home/danieldantas/webapps/i9click_com/blog/post.php on line 11
Quase todos os serviços do INSS podem ser acessados por telefone e internet; aposentadoria sai em até 24h
Inicio

Quase todos os serviços do INSS podem ser acessados por telefone e internet; aposentadoria sai em até 24h


Publicado em 10 do 07 de 2019 por Giovani Benedito de Sousa

A partir desta quarta-feira, dia 10, a maioria absoluta dos serviços do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) poderão ser feitos a partir de casa. 90 dos 96 serviços prestado pelo instituto podem ser acessados pelo site, por meio de aplicativo, ou pelo telefone 135, informa o instituto.

Com o objetivo de diminuir o tempo de espera e agilizar o atendimento, a maioria deles nem precisarão de um atendente para acontecer, serão automáticos. Antes eram mais de 670 mil atendimentos mensais, que agora estão a disposição da população através da internet ou telefone.

Porém ainda restam 6 serviços que é preciso se locomover até o ponto de atendimento do INSS, são eles:

- Devolução de documentos
- Realização de prova de vida
- Avaliação social
- Perícia médica
- Vista ou carga de processos (consultas ao processo)
- Outros cumprimentos de exigências

O diretor de Atendimento no INSS, Castro Júnior, conta que esses seis serviços restante são imprescindível a presença do cidadão, portanto não é possível fazer pela internet. A parecia médica por exemplo seria impossível de fazer remotamente.

Benefício pode sair em poucas horas


De acordo com o diretor de Atendimento do INSS, alguns benefícios como a aposentadoria, podem ser liberados em pouco tempo após o cidadão dar entrada no serviço, caso todos os dados estejam corretos no sistema.

Renato Vieira, presidente do INSS, afirmou em junho que 80% dos pedidos de aposentadoria por tempo de contribuição já saem automaticamente, se feitos polo "Meu INSS". Segundo ele a resposta sobre o pedido sai em até 24 horas.

No mês de junho, o tempo de espera médio no INSS era de 116 dias, informou Castro Júnior. Porém por lei, o tempo não poderia ser maior do que 45 dias para uma resposta. Este tempo conta do momento que se faz o pedido, até o primeiro pagamento.

Apesar da demora, o diretor contou que houve uma melhora, pois o mês anterior o tempo de espera foi em media de 140 dias. Ele informou também que estão trabalhando para trazer até o final de ano os tempos previstos em lei, a automatização deverá ajudar bastante.

Veja também:


Fonte: UOL