Notice: Undefined index: ID_User in /home/danieldantas/webapps/i9click_com/blog/post.php on line 11
Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim, aos 77 anos
Inicio

Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim, aos 77 anos


Publicado em 10 do 07 de 2019 por Giovani Benedito de Sousa

Faleceu na manhã desta quarta-feira, dia 10, o jornalista da Record, Paulo Henrique Amorim, ele trabalhou em diversos veículos de comunicação, incluindo a Rede Globo.
Paulo Henrique Amorim (Reprodução)O Jornalista trabalhou por muitos anos na TV Record, mas estava fora do ar desde o mês passado, na ocasião ele havia sido afastado do Domingo Espetacular. A causa da morte foi um infarto.

Paulo Henrique Amorim estava em sua casa, na capital fluminense, quando teve um infarto fulminante, a informação foi confirmada pela esposa do jornalista.

Amorim estava na Record TV desde o ano de 2003, ele deixa um grande legado para o jornalismo nacional, profissional de grande respeito na área, ele passou por diversas redações de jornais, revistas, e emissoras da televisão brasileira.

O primeiro trabalho de Paulo Henrique foi o jornal A Noite, no longínquo ano de 1961. Após isso ele foi trabalhar nos Estados Unido, em Nova York foi correspondente internacional da revista Realidade, e em outra oportunidade da revista Veja.

Na televisão ele passou pela já fechada TV Manchete, e pela maior rede do pais, a Globo. Nessa última ele foi também correspondente na cidade de Nova York.

No ano de 1996, saiu da TV Globo e ingressou na TV Bandeirantes, nessa emissora ele apresentou o principal telejornal, o Jornal da Band e também o programa  Fogo Cruzado. Ao sair da Band ele foi para a TV Cultura.

No ano de 2003 foi contratado pela TV Record, onde novamente esteve no comando do principal telejornal, o Jornal da Record. Em 2004 ajudou a colocar no ar a revista eletrônica Tudo a Ver. E em 2006 começou a trabalhar no semanal Domingo Espetacular, onde ficou até junho de 2019.

O jornalista Paulo Henrique Amorim, deixa esposa e uma filha, que também é jornalista, Geórgia Pinheiro.

Veja também:



Fonte: G1